Sabe aquele álbum que escuta e automaticamente acaba por achar que se trata da melhor banda do momento? Pelo menos pra você: o ouvinte.  Pois é, acho que para os admiradores de uma boa musica isso é freqüente, não que seja modismo ou coisa do tipo, pelo contrário a musica é rica, torna-se impossível a denominação única do melhor ou do pior: os melhores costumam surgir em temporada, a cada mês ou como já dizia uma musica do Titãs, a melhor banda de todos os tempos da última semana.
Ocupando um lugar que já foi de tantas bandas como: Radiohead, Beirut, Los Hermanos, Moveis Coloniais de Acaju e tantas outras, quem aparece ostentando esse humilde título de melhor banda da atualidade pra mim são os americanos “The Black Keys”.
A princípio, ao escutar “as faixas da banda” você tem a impressão de se tratar de um grupo de quatro ou três músicos, no entanto, The Black Keys é composto por uma dupla. Dan Aurbach – vocal e guitarra e o baterista Patrick Carney.
Formado em 2001 na cidade de Akron (Ohio): a banda totaliza oito álbuns lançados e se sustenta como um dos maiores nomes da cena underground americana e mundial. Com o recente lançamento em 2010, Brothers, a banda deslanchou o seu nome no Brasil, refletindo na aparição de clipes na MTV brasileira.
Já tinha ouvindo falar da banda em outrora, gostei muito da sonoridade, que guardando as devidas proporções remetia um pouco a também dupla The White Stripes, porém como não sou muito bom em classificar e criar analogias musicais segui me contentando a exclusivamente ouvir a musicalidade que me impressionará na dupla, só que devido a falta de tempo, de outras bandas, musicas e etc, nunca tinha dado a atenção devida ao Black Keys. Mas tudo mudou no começo desse ano, quando escutei Howlin` For You – pensei cá com os meus botões, que aquela música era inspiradora: a bateria surgindo e a guitarra acompanhando aquelas batidas que me deixavam feliz só por escutar. Pensei novamente, que aquela musica não poderia ser um achado da banda, portanto, com as possibilidades da web 2.0, baixei o último lançamento, foi quando descobri perolas como: Next Girl, Black Mud, Tighten Up, enfim, posso falar do disco inteiro, não seria o suficiente. No metrô hoje, tive um pensamento certeiro ao ouvir She´s Long Gone – to ouvindo a melhor banda da atualidade da última semana.Sem Mais.    
Albúns Lançados: 

Magic Potion (2006)
Anúncios