(Contém Spoilers.)

“Atenção: antes de prosseguir vou confessar algo no qual não tenho orgulho, só assisti dois filmes dos irmãos Coen e nada mais, “a obra prima – “Onde os fracos não tem vez, 2007” e” o engraçado – Queime depois de ler, 2008” (no qual contém uma morte épica), os cultuados “Fargo, 1996” e “O grande Lebowski, 1998” e tantos outros que a dupla dirigiu, nunca sequer vi.
 
Pronto. Bravura Indômita se trata de um remake de western dos anos 60, dirigido por Henry Hathaway e protagonizado por John Wayne, que ficou famoso ser estrela dos filmes do gênero.
A garota Matthie Ross (Hailee Stainfeld) de apenas 14 anos, encontra-se numa situação distinta a sua idade, com a perda do pai, morto pelo fora da lei – Tom Cheney (Josh Brolin), ela tem o fardo ou objetivo (entenda como queira) de limpar a honra da família e vingar a morte do ente querido, matando o assassino ou levando-o para enforcamento na cidade.
A jovem Ross não sente a responsabilidade da meta, chega à Fort Smith (Arkansas) com uma postura firme, como uma adulta caminha rumo ao encontro do xerife canastrão “Rooste” (Jeff Bridges), para negociar os seus serviços de matador. Isso mesmo, com um currículo de invejar Mike Myers, o velho xerife no inicio não acredita nas intenções da menina, porém depois concorda em correr os setes cantos dos Estados Unidos atrás da recompensa, com a condição de que a menina voltasse pra casa.
Mas a garota quebrou todos os elos de sua infância quando presenciou em plena praça publica a condenação a morte de três sujeitos que cometeram violações a lei. Daquele momento em diante, pelo olhar, ela teve a certeza da vingança, portanto, teria que ir a caça com Rooste pra testemunhar o êxito do serviço e ainda se livrar do fardo.
Em, todavia, parecia que o plano estava traçado, porém, existia outro personagem interessado na captura do alvo, LaBoef (Matt Damon)- Sargento do Texas, disposto a capturar o mesmo sujeito, por uma imensa recompensa oferecida, com tudo: sua missão não destinava a matá-lo, mas sim pega-lo e levá-lo a sua cidade, para ser julgado conforme as leis de lá.
Além de ser contrária disso, por achar que Tom deveria morrer pelo assassinato de seu pai, ela foi deixada pelo xerife para trás. Persistente, conseguiu encontrá-los. Agora, o trio, logo descobriu, que a caça estava integrando o bando de Luck “Ned Peppe, um antigo “conhecido” de Rooste.
A figura de Rooste e LaBoef são semelhantes. É como se fossem a mesma personalidade se encontrando, a velhice e a maturidade. Talvez, por essa razão que ambos brigam, procurando vaidades, a fim de contar vantagem, de qual idade é mais valente (importante).
Tiros, paisagens e viradas de tempo ocorrem e o trio chega ao seu ponto em comum. O desenrolar pouco importa, vemos uma grande seqüência de ação. O interessante mesmo foi saber de o porquê o trio encontrou sua verdadeira bravura indômita. A importância com o próximo faz de você valente. Dono de uma bravura indomável. Dessa forma, também descobrimos que a perda de quem já fez parte da sua vida, concretiza que o tempo só vai se afastando de nós.
Como saldo final: fica o gosto de querer mais Coen. O que antes era um defeito, por não ter assistindo muitos filmes dos irmãos, agora se torna uma ligeira e leve vontade de conferir outras projeções da dupla.
Anúncios