O que o longa metragem “300” e a animação “A lenda dos Guardiões” tem em comum?

Fácil: o diretor Zack Snyder, é o responsável pela direção desses dois filmes que no todo não possuem nada em comum.

Porém se formos destrinchar pedaço a pedaço as duas obras têm as suas pequenas particularidades em comum, principalmente nas cenas de ações que ocorrem em ambos.  

Entretanto, “A lenda dos guardiões” não me pegou tanto, desde o trailer que gerou o encantamento em muitas pessoas que conheço, em que mim não cativou. Por acaso assisti com a minha namorada a animação, por ela ser uma das pessoas que foram atingidas pela estética do trailer.

Não sei o porquê não tive a menor curiosidade em assistir a animação deve ser porque não guardo tanto interesse nesses gêneros como em longas metragens, animação pra mim é Toy Story que traz consigo uma nostalgia que é difícil de ser superada e o resto delas não me importam tanto. 

Animação de Snyder é baseada nos livros de Kathrn Lask sobre uma batalha travada por corujas. 

É foi isso num ambiente aconchegante a seção iniciou, conhecemos uma família de corujas, de premissa ganham destaque Soren e o seu irmão Kludd, que têm um sentimento de inferioridade em relação ao irmão.

Enquanto Soren sonha com a lenda das corujas Guardiãs contada por seu pai, Kludd é totalmente cético. Certa vez aprendendo a voar, os dois vão parar no chão, onde são capturados por um clã maligno de corujas puras que capturam filhotes para construir um exército do mal cuja intenção é dominar o reino do oeste e grande arvore.

Nesse momento os dois irmãos escolhem o seu lado definitivo, Soren consegue fugir e vence seus próprios limites. Rumo a lugares desconhecidos, ele descobre que a lenda que tanto sonhava é real. Uma batalha se inicia.
                                                     Esteticamente Perfeito

Com uma estética bem trabalhada e com cenas fascinantes a trama acaba de uma forma que o começo já previa. Um roteiro pouco elaborado, cuja intenção é atingir o público infantil.

A lenda dos Guardiões até me resultou momentos tranqüilos, onde só uma arte como o cinema tem esse poder, então não tive tempo de ficar decepcionado como notei em algumas criticas da obra, que argumentaram que o trailer mentiu bem sobre a produção.

Não sei, guardo com carinho os momentos que estava na sala assistindo a batalha das corujinhas.
  Ficha Técnica:

 Titulo orginal: Legend Of The Guardians: The Owls Of Ga Hoole
  Gênero: Animação
  Duração: o1 hs 30 min.
  Ano do Lançamento: 2010
  Direção: Zack Snyder
  Roteiro:  John Orloff e Emil Stem, Baseados no livro de Kathrn Lask

Anúncios